• RH Bahia
  • RH Bahia
  • Casa Nova
  • marca do passe livre
  • Dia das Crianças - Secretaria lança campanha Bote Fé no Futuro
  • Campanha Respeita As Mina
  • PAA  Leite - Cadastramento
  • Diário Oficial
  • Transparência Bahia
  • Compras Net

Segurança Alimentar

12/03/2019 18:03

Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional da Bahia debate obesidade no primeiro encontro do ano

Membros do Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional do Estado da Bahia (Consea-Ba), órgão vinculado à Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), debateram, na tarde desta terça-feira (12), os índices de sobrepeso e obesidade no cenário nacional e estadual, durante a primeira plenária do ano, no Grande Hotel da Barra, em Salvador.

A palestra servirá de subsídio para a construção do novo Plano Estadual de Segurança Alimentar e Nutricional (PLANSAN - 2020/2023), juntamente com a exposição de dados sobre pobreza e extrema pobreza pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (Sei), apresentados pela manhã.

De acordo com a pesquisa do Ministério da Saúde, realizada em 2018, no Brasil, 57% da população adulta se encontra acima do peso, enquanto 21% está em situação de obesidade. Já em relação às crianças, 33,5% estão com excesso de peso, ao passo que 14,3% apresentam obesidade. Na Bahia, o quadro não é diferente: 57,7% dos adultos (mais de 18 anos) e 23% dos adolescentes estão obesos (Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional – SISVAN/2018).

“A obesidade não é só problema da Saúde. É do poder público e de todos. Nos encontramos numa situação complexa de insegurança alimentar e nutricional, não só em relação à desnutrição e à fome”, pontuou a representante da Secretaria Estadual da Saúde (Sesab), Cláudia Montal.

Após a palestra, a plenária apresentou o balanço da gestão 2016-2019 e se dividiu em cinco grupos de trabalho para elaborar propostas para o II PLANSAN (2020-2023), levando em conta “o desenvolvimento de políticas públicas que reduzam a desnutrição e obesidade da população baiana”, comentou José Moacir, presidente do Consea-Ba.

Durante a manhã, o Conselho também contextualizou a situação do Consea Nacional, que se encontra com as atividades suspensas desde o início do ano a partir de medida do Governo Federal.

Na quarta-feira (13), o Consea baiano encerrará o encontro com a apresentação dos resultados dos trabalhos em grupo, além do debate e fechamento das propostas direcionadas ao II PLANSAN.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.