• RH Bahia
  • RH Bahia
  • marca do passe livre
  • Dia das Crianças - Secretaria lança campanha Bote Fé no Futuro
  • Campanha Respeita As Mina
  • PAA  Leite - Cadastramento
  • Diário Oficial
  • Transparência Bahia
  • Compras Net

Desenvolvimento Social

09/01/2019 10:01

Centros Sociais Urbanos promovem atividades para mais de 10 mil pessoas em 2018

Milhares de baianos que buscam lazer, cultura, inclusão digital, qualificação profissional, educação infantil, atenção a saúde e apoio a grupos de convivência, visitam e frequentam os Centros Sociais Urbanos (CSU´s) espalhados pela capital e interior da Bahia. Só em 2018, quase 10 mil mulheres e cerca de 1.800 idosos passaram pelos 30 equipamentos de fomento a organização e fortalecimento de vínculos em comunidades socialmente vulneráveis.

Gerenciados pela Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), os CSU´s, ao longo do ano passado, no campo da cidadania, sediou e realizou diversas ações de garantia de direitos, acesso à informação e documentação básica. As Unidades do Nordeste de Amaralina, Narandiba e Valéria, recebam as Caravanas da Justiça Social, ação da SJDHDS que beneficia a população com os serviços gratuitos de emissões de RG, CPF, Carteira de Trabalho, Certidões de Nascimento e Casamento, entre outros. Já as Unidades dos bairros de Castelo Branco, Mussurunga, Pernambués, Valéria, Nordeste de Amaralina, Vasco da Gama e Liberdade receberam ações do projeto itinerante Procon Comunidade, que ofertou os serviços como consulta e orientação sobre o andamento de reclamações; além da distribuição de material educativo, como a cartilha do Código de Defesa do Consumidor.

No âmbito da cultura, uma unidade do Núcleo Estadual de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia (Neojiba) foi instalada no CSU de Feira de Santana. O Neojiba é um exemplo inovador de política pública que alia, de forma pioneira na Bahia, as áreas da Cultura, da Educação e do Desenvolvimento Social, levando arte para milhares de crianças de bairros carentes de Salvador. Outra importante entrega, foi a requalificação do Núcleo Nordeste de Extensão da Escola de Dança situada no CSU de Nordeste de Amaralina, com o objetivo de promover atividades socioculturais e gerar profissionais que vão atuar na comunidade e fora dela. Esta é uma parceria entre SJDHDS e a Fundação Cultural do Estado da Bahia – Funceb.

Em 2018, jovens da comunidade de Pernambués também ganharam mais inovação através do acesso a tecnologia. O CSU do local ganhou um Laboratório Tecnológico de Robótica para atender inicialmente, por ano, 100 jovens da comunidade. A iniciativa é fruto de parceria entre Governo do Estado e do Instituto Social Campus Party, através do Programa Include. O CSU está contemplando duas turmas, em dois turnos (manhã e tarde), com 25 alunos, cada. "Além de promover a inclusão social e tecnológica para os adolescentes, os monitores, que ministram as oficinas, são da própria comunidade, o que fortalece a economia local e valorização dos profissionais locais", disse Osmário Santos, coordenador de Administração dos CSU´s/SJDHDS.

Já para promover a integração entre os grupos de convivência, feira de empreendedorismo e celebração de datas especiais, como Dia da Criança, da Pessoa Idosa, das Mães, São João, 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, entre outras, tiveram programações especiais, com palestras, danças e artesanatos. Além disso, as ações de atenção à saúde, distribuição de material informativo sobre o Outubro Rosa, prevenção de doenças sexualmente transmissíveis, aferição de pressão arterial e glicemia, também foram promovidas aos milhares de cidadãos das comunidades carentes.

Serviço Integrado
O CSU de Narandiba ainda sedia a Casa da Cidadania, também gerida pela SJDHDS, que dispõe de uma diversidade de serviços gratuitos oferecidos por Órgãos como Procon-BA, Centro de Referência de Assistência Social – CRAS, que atende aos beneficiários do Bolsa Família, Balcão de Justiça e a Ouvidoria da Secretaria da Segurança Pública, além de abrigar o Núcleo de Direitos Humanos. O objetivo da Casa é de facilitar o acesso da população aos serviços públicos, prestando atendimento, orientação e encaminhamento as devidas demandas.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.