• CORONAVÍRUS
  • RH Bahia
  • RH Bahia
  • Casa Nova
  • Bahia estado voluntário
  • Bahia estado voluntário
  • CILBA
  • Dia das Crianças - Secretaria lança campanha Bote Fé no Futuro
  • Campanha Respeita As Mina
  • PAA  Leite - Cadastramento
  • Diário Oficial
  • Transparência Bahia
  • Compras Net

Assistência Social

24/11/2021 17:11

SJDHDS realiza oficinas no XI Encontro Baiano de Gestores Municipais de Assistência Social

Nesta quarta-feira (24), aconteceu o encerramento do XI Encontro Baiano de Gestores Municipais de Assistência Social, realizado no município de Feira de Santana. O evento teve início na terça-feira (23), e foi promovido pelo Colegiado Estadual de Gestores Municipais de Assistência Social do Estado da Bahia (Coegemas-Ba), reuniu 400 técnicos e gestores de 172 municípios.

Na oportunidade, a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS), parceira do encontro, promoveu três oficinas sobre os temas: A relação do Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (PAIF) e Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos; Vigilância Socioassistencial: Responsabilidade, planejamento das ações, integrando necessidades e ofertas dos serviços; Proteção Social: Caminhos para as garantias de direitos.


As oficinas aconteceram simultaneamente e foram ministradas pela equipe técnica da Superintendência de Assistência Social da SJDHDS, formada por Márcia Santos, coordenadora da Proteção Social Especial, pela técnica da Proteção Básica, Ludmila Dias, e por Laura Bamberg, técnica da Vigilância Socioassistencial.

"Debater e articular o PAIF, que é o principal serviço ofertado no CRAS com o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, sobretudo no contexto da pandemia, com os gestores e técnicos dos municípios, é de suma importância para buscar estratégias e melhorias na qualidade na oferta dos serviços", destacou a técnica Ludimila Dias. 

Participante do encontro e das oficinas, a técnica do CRAS de Camacam, Priscila Leal, pontuou que é nova na área da assistência social e o evento tem sido enriquecedor.

"As temáticas abordadas nos trazem atualizações que vão nos dar suporte para aprimorar a nossa atuação nos municípios e compreender toda complexidade do contexto atual em nosso país", reforçou.

Já na oficina sobre Proteção Social: Caminhos para Garantias de Direitos, os participantes puderam trocar experiências sobre a realidade vivenciada em cada município.

"A oficina abordou questões ligadas às funções da Política de Assistência Social, as seguranças afiançadas e as diretrizes estruturantes do SUAS  associando o conteúdo com a prática desenvolvida pelas equipes de proteção social básica e especial nos municípios", afirmou Márcia Santos.

No espaço sobre Vigilância Socioassistencial, a importância da análise de prioridades para elaboração do Plano Municipal de Assistência Social foi um dos pontos centrais discutido.

"A gestão da informação, monitoramento e avaliação são fundamentais na elaboração do Plano Municipal da Assistência Social. Nesse sentido, o papel da vigilância é essencial, sobretudo com a participação das equipes que realizam a escuta e conhecem as demandas mais de perto", explica Bamberg.

Ainda no evento, o Coegemas-Ba realizou a Assembleia Geral, quando a presidente do Colegiado, Ediana Dourado, avaliou a realização do evento.

"Esse encontro foi um marco histórico na Bahia, onde conseguimos reunir os três entes federados e as representações municipais da assistência social do nosso estado, em um tema muito oportuno e necessário que é o financiamento dessa política pública. No primeiro encontro pós-pandemia, conseguimos reunir 400 técnicos e gestores nessa discussão que tem por objetivo principal buscar a consolidação desse sistema em nosso país", finalizou ela.

O encontro ainda contou com as oficinas sobre Execução Financeira e Orçamentária do SUAS, Auxílio Brasil e diversos workshops.

Acompanhe a SJDHDS nas redes: FacebookTwitter, FlickrInstagram e YouTube

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.