• CORONAVÍRUS
  • RH Bahia
  • RH Bahia
  • Casa Nova
  • Bahia estado voluntário
  • Bahia estado voluntário
  • CILBA
  • Dia das Crianças - Secretaria lança campanha Bote Fé no Futuro
  • Campanha Respeita As Mina
  • PAA  Leite - Cadastramento
  • Diário Oficial
  • Transparência Bahia
  • Compras Net

Segurança Alimentar

08/06/2021 12:06

Segurança Alimentar na Bahia é tema de reunião entre a SJDHDS e Consea-BA

A preocupação com a segurança alimentar e nutricional na Bahia e o crescente aumento da fome foram tratados em reunião ocorrida, na manhã de hoje (8), entre a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS) e o Conselho de Segurança Alimentar e Nutricional do Estado da Bahia( Consea-BA). 

“Desde o inicio da pandemia, o Governo do Estado tem feito em grande esforço para mitigar a fome e a insegurança alimentar, implantando medidas como o vale alimentação, bolsa presença abertura dos restaurantes populares aos finais de semana e tantas outras. Na contramão desse esforço,  vemos o Bolsa família sofrer cortes e milhares de pessoas ficarem desassistidas, jogadas  na miséria e na fome”, disse o secretário da SJDHDS, Carlos Martins, presente na reunião. 

Apenas nos primeiros meses de 2021, foram servidas quase 500 mil refeições nos Restaurantes Populares, um investimento de R$ 2.745.669,85 do Governo da Bahia.  Segundo o secretário,  a Bahia também empenha-se para ampliar e fortalecer o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), que no primeiro quadrimestre desse ano realizou compra e doação de aproximadamente 2 milhões de quilos de alimentos como hortaliças e legumes e mais de 1.764.000,00 litros de leite, destinados às famílias em vulnerabilidade social do estado. 

“Estamos fortemente empenhados na manutenção e fortalecimento do PAA , uma política publica fundamental para a agricultura familiar e para garantir a nutrição de famílias em vulnerabilidade. Por isso, estamos comprando veículos, solicitando emendas aos deputados, executando o PAA emergencial. Um conjunto de ações voltadas focadas num direito básico do ser humana, que é a alimentação. Sem dúvida ter o Consea fortalecido é importante para essa luta e para a Bahia”, disse Martins. 

Presente no encontro, a presidente do Consea, Débora Rodrigues, também manifestou preocupação com o momento atual e disse que o Brasil vive uma tragédia. 

“O país enfrenta várias pandemias, um cenário devastador. A fome está ai e não podemos fechar os olhos”, afirmou, solicitando que o Governo faça uma pesquisa sobre a fome e pobreza do estado. 

“Na Bahia, precisamos de uma pesquisa que nos mostre dados concretos sobre essa situação. Como ela, o governo poderá pensar em políticas públicas focadas e a sociedade civil poderá fortalecer esse diálogo e luta pela segurança alimentar”, concluiu. 

O Conselho ainda solicitou uma reunião com o governador Rui Costa e tratou sobre a nomeação e posse dos novos conselheiros.

Acompanhe a SJDHDS nas redes: FacebookTwitter, FlickrInstagram e YouTube.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.