• RH Bahia
  • RH Bahia
  • Casa Nova
  • Bahia estado voluntário
  • Bahia estado voluntário
  • marca do passe livre
  • Dia das Crianças - Secretaria lança campanha Bote Fé no Futuro
  • Campanha Respeita As Mina
  • PAA  Leite - Cadastramento
  • Diário Oficial
  • Transparência Bahia
  • Compras Net

Direitos Humanos

29/11/2019 10:11

SJDHDS participa de encontro nacional sobre direitos da pessoa idosa

Entre os dias 17 e 19 de novembro, a cidade de Manaus, no Amazonas, recebeu o XI Encontro Nacional de Fóruns da Sociedade Civil, com o objetivo de traçar estratégias de garantia e defesa dos direitos da população idosa no Brasil. A Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS) participou da ocasião.

“As pessoas idosas são vítimas de violências físicas, psicológicas e abusos financeiros porque são consideradas invisibilizadas. Discutir políticas públicas para essa população num contexto nacional foi uma grande contribuição para aprimorarmos o que fazemos na Bahia”, afirmou Lúcia Mascarenhas, coordenadora de Articulação de Políticas para a Pessoa Idosa da SJDHDS.

O evento, de tema "Como garantir os Direitos das Pessoas Idosas numa conjuntura de retirada de direitos", contou com a participação de representantes dos Fóruns do Acre, Amazonas, Ceará, Bahia, Rio de Janeiro, Paraná e Brasília, que debateram alternativas para o combate à violência contra a pessoa idosa e às violações do Estatuto do Idoso, quebra de mitos que desrespeitam a condição de dignidade dos idosos, acessibilidade, entre outros pontos.

Os participantes também cobraram a efetivação das políticas públicas para os idosos que, atualmente, representam mais de 30 milhões de pessoas dentre a população total do país.

A partir das discussões apresentadas, foi elaborada a Carta do Amazonas, que reafirma a importância do Estatuto do Idoso e exige respeito às conquistas da população idosa brasileira.

Acompanhe a SJDHDS nas redes: FacebookTwitterFlickr Instagram.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.