• RH Bahia
  • RH Bahia
  • Casa Nova
  • Bahia estado voluntário
  • Bahia estado voluntário
  • marca do passe livre
  • Dia das Crianças - Secretaria lança campanha Bote Fé no Futuro
  • Campanha Respeita As Mina
  • PAA  Leite - Cadastramento
  • Diário Oficial
  • Transparência Bahia
  • Compras Net

Direitos Humanos

28/11/2019 20:11

Adolescentes da Fundac ganham prêmios em concurso para jovens escritores no TCA

Três adolescentes que cumprem medida socioeducativa de internação nas Comunidades de Atendimento Socioeducativo, unidades da Fundação da Criança e do Adolescentes (Fundac-BA), foram premiados no V Concurso Para Escritores Escolares de Poesia e Redação da Fundação Pedro Calmon, da Secretaria de Cultura da Bahia (SecultBA). O evento aconteceu nesta quinta-feira (28), no Foyer do Teatro Castro Alves, em Salvador, e contou com apresentações culturais do Circo Picolino e da Escola Criativa Olodum.

Os alunos do Colégio Estadual Santo Antônio – Cesa, Escola Municipal Ives de Roussan (Case Cia) e da Escola Municipal Carlos Formigli (Salvador), foram premiados nas categorias redação e poesia com as seguintes produções literárias: Recomeço, Corpo de Mandinga e Sentimentos.  Os adolescentes da Fundac-BA, órgão da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS), cumprem medidas nas Cases Cia, Salvador e Irmã Dulce.

“Estou muito emocionado hoje. Vejo a maioria das pessoas do interior, o que mostra a interiorização das políticas, e fico feliz em ver os meninos e meninas participando e sendo estimulados para mostrar que sem educação a gente não é nada. Mas me emociona ver os rapazes do nosso sistema socioeducativo da Fundac-BA e que estão aqui mostrando que eles são capazes”, afirmou o secretário da SJDHDS, Carlos Martins, que acompanhou a premiação junto à secretária de Cultura, Arany Santana.

"Esse momento coroa o trabalho desenvolvido na Fundac, buscando assegurar direitos e trazendo para os adolescentes, que já lançaram um livro de poesia, as condições do exercício de cidadania com arte, cultura e lazer junto. Para todos nós, esse momento tem um grande significado", afirmou Regina Affonso, diretora geral da Fundac-BA. 

O concurso é realizado por meio da Diretoria do Livro e da Leitura e a edição 2019 teve mais de 1.200 inscritos, possibilitando que os 27 Territórios de Identidade fossem contemplados através das 232 escolas participantes.

Para Evanilson Alves, instrutor da Fundac-BA, a premiação coroa o trabalho de ressignificação de vida conduzida pelos próprios dos adolescentes. "Uma experiência maravilhosa e muito significante poder contar as histórias de vida através da poesia. A poesia de certa forma salvou a minha vida e hoje fico feliz de passar essa mesma intensidade pra esses adolescentes que estão cumprindo medida socioeducativa", afirma. 

Criado em 2014, o concurso  tem o objetivo de sensibilizar e mobilizar a juventude escritora. Na última edição, em 2017, recebeu mais de 1.200 inscrições e premiou 18 estudantes e escolas que se destacaram com número de inscritos. Os vencedores receberam prêmios como: tablets; kits contendo livros; pôster ilustrado em tamanho A2 do texto selecionado; leitor de e-book; entre outros.

Acompanhe a SJDHDS nas redes: FacebookTwitterFlickr Instagram.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.