• CORONAVÍRUS
  • RH Bahia
  • RH Bahia
  • Casa Nova
  • Bahia estado voluntário
  • Bahia estado voluntário
  • marca do passe livre
  • Dia das Crianças - Secretaria lança campanha Bote Fé no Futuro
  • Campanha Respeita As Mina
  • PAA  Leite - Cadastramento
  • Diário Oficial
  • Transparência Bahia
  • Compras Net

Assistência Social

13/11/2019 07:11

Abertura oficial da 12ª Conferência de Assistência Social reafirma importância do SUAS para a Bahia e o Brasil

A abertura oficial da 12ª Conferência Estadual de Assistência Social da Bahia aconteceu na noite desta terça-feira (12) em Salvador. A mesa foi formada por representantes do Governo do Estado e da sociedade civil, além de parlamentares estaduais e municipais. 

O ato de abertura solene aconteceu depois de um dia cheio de palestras e debates, que aconteceram no Hotel Fiesta, na capital baiana, e contou com a presença do secretário de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS), Carlos Martins, que também é presidente do Conselho Estadual de Assistência Social da Bahia (CEAS-BA). 

No discurso, o secretário Carlos Martins pontuou a necessidade de articulação cada vez mais ampliada entre Estado e municípios na construção de um Sistema Único da Assistência Social (SUAS). 

“As políticas de assistência social têm perdido participação no orçamento e o que se vislumbra para 2019 é uma redução ainda maior. O que eu quero pedir é que todos nós tenhamos em mente que somente com união e resistência vamos vencer os cortes”, disse Martins.

O secretário da SJDHDS lembrou ainda que, ao contrário de outros estados, a Bahia manteve o orçamento da assistência social e é um doa poucos que mantém o cofinanciamento junto aos municípios. 

Diálogo

“Conseguimos produzir um evento produtivo, extremamente importante para os municípios. É a partir desse diálogo que vamos construir uma política pública de qualidade para os usuários”, pontuou Aline Araújo, superintendente de Assistência Social da SJDHDS em exercício.

A superintendente lembrou ainda que a conferência está sendo realizada com recursos do Tesouro estadual, ressaltando o reconhecimento do Governo do Estado com as discussões da conferência e a importância do tema. 

Para a conselheira do CEAS-BA, Marília Machado, representante dos trabalhadores do SUAS no conselho, o trabalho nesses dois dias deve gerar frutos positivos. “Espero que a gente possa indicar representações para estar na conferência democrática nacional, este ano construída pela sociedade civil”, pontuou a conselheira. 

A abertura contou ainda com a presença do subsecretário de Educação (SEC), Danilo Melo; da vereadora Marta Rodrigues; das deputadas estaduais Neusa Cadore, Fabíola Mansur e Maria Del Carmen; Glória Machado, vice-presidente do CEAS-BA; Renata Menezes, representante do Movimento de Pessoas em Situação de Rua; Vinícius Sampaio, presidente do Coegemas e secretário de Assistência Social de Boa Nova; e Mestre Raimundo, representante das entidades no conselho.

Acompanhe a SJDHDS nas redes: FacebookTwitterFlickr Instagram.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.