• RH Bahia
  • RH Bahia
  • Casa Nova
  • Prêmio Boas Práticas
  • marca do passe livre
  • Dia das Crianças - Secretaria lança campanha Bote Fé no Futuro
  • Campanha Respeita As Mina
  • PAA  Leite - Cadastramento
  • Diário Oficial
  • Transparência Bahia
  • Compras Net

Justiça Social

06/09/2019 18:09

SJDHDS apoia e participa de Seminário em defesa das pessoas em situação de rua

Com o apoio do Governo do Estado, através das secretarias de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) e de Promoção da Igualdade Racial (Sepromi), o Movimento População de Rua (PopRua) promoveu, nesta sexta-feira (06), o seminário “Maria Lúcia: memórias de lutas das pessoas em situação de rua”. O momento, que objetivou discutir políticas públicas de empregabilidade, visibilidade social e fortalecimento de Movimentos para o segmento, aconteceu no Centro Social Urbano de Castelo Branco, equipamento da SJDHDS, e contou com uma mesa de abertura composta por integrantes do Movimento, pelo secretário da SJDHDS, Carlos Martins, e pelo secretário municipal de saúde, Léo Prates.

“Quando vivenciamos crises econômicas e sociais, a primeira coisa que cresce é o número de pessoas vivendo nas ruas. Para combater esses índices e tirar essas pessoas da invisibilidade, precisamos promover mais inclusão em empregos, escolas, em todos os espaços democráticos e de direitos de valorização à dignidade do segmento", afirmou Martins.

O secretário pontuou que, no âmbito da SJDHDS, políticas afirmativas à causa vêm sendo fortalecidas, a exemplo dos cofinanciamentos e apoio técnico aos Centros de População de Rua (Centro Pop), através da Assistência Social Estadual, e a ampliação do Programa Corra pro Abraço Juventude, que está presente em quatro bairros da periferia baiana (Beiru, Nordeste de Amaralina, Fazenda Couros e Plataforma) trabalhando com a temática de redução de danos da juventude socialmente e economicamente vulnerável.

A rua nunca foi e nunca será uma escolha, mas sim, a falta de escolhas. Por isso, agradecemos todo o apoio que estamos recebendo neste evento para evidenciarmos e lutarmos pelo o que acreditamos: que é possível e merecido sermos enxergados como seres humanos e almejarmos condições de vida melhores para nós “declarou, muito emocionada, Maria Sueli Oliveira, líder do PopRua. Diversas lideranças de movimentos de rua de outros estados e municípios também participaram do ato.

Homenagem - O seminário homenageia Maria Lúcia Santos Pereira da Silva enquanto representante da luta por direitos das pessoas em situação de rua, em reconhecimento à memória de seus esforços. Mulher negra e natural de Itapetinga-BA, viveu por 16 anos nas ruas de Salvador. Durante o período, começou a ser reconhecida como liderança das pessoas que vivem nestas condições vulneráveis e, partir de 2005, ela integrou o Movimento Nacional da População de Rua (MNPR), fundando, em 2010, o PopRua na Bahia. Lutou pelo resgate da cidadania de famílias e indivíduos, tendo sido reconhecida como uma das maiores referências a nível nacional e internacional. Em abril do ano passado, aos 51 anos de idade, ela faleceu em decorrência de complicações renais.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.