• RH Bahia
  • RH Bahia
  • Casa Nova
  • Prêmio Boas Práticas
  • marca do passe livre
  • Dia das Crianças - Secretaria lança campanha Bote Fé no Futuro
  • Campanha Respeita As Mina
  • PAA  Leite - Cadastramento
  • Diário Oficial
  • Transparência Bahia
  • Compras Net

Desenvolvimento Social

09/07/2019 14:07

Com investimento de R$ 12,3 milhões, nova sede do Programa NEOJIBA é inaugurada

O Programa Núcleos Estaduais de Orquestras Juvenis e Infantis da Bahia (NEOJIBA), da Secretaria Estadual de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social da Bahia (SJDHDS),  tem o Parque do Queimado, no bairro da Liberdade, como sua nova casa. Com um investimento de aproximadamente R$ 12,3 milhões, provenientes do Governo do Estado e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES),  o equipamento foi inaugurado na manhã desta terça-feira (9), pelo governador Rui Costa, e já é o mais completo e moderno espaço para formação musical do Brasil, por onde circularão mais de 1.000 crianças, adolescentes e jovens de 06 a 29 anos de idade. 

A sede do Programa está instalada em área de 10.000 metros quadrados do Parque do Queimado, local da primeira estação de tratamento e distribuição de água do Brasil e uma das últimas áreas verdes do Centro Antigo de Salvador. Com mil metros quadrados de área construída, o projeto contempla uma sala de espetáculos para música de câmara, com capacidade para 160 espectadores; um prédio com saguão de entrada, bilheteria, loja, bastidores, depósito para instrumentos e banheiros; são seis salas de ensaio entre 10 e 70 metros quadrados; além de depósitos para instrumentos e isolamento térmico e acústico de alta tecnologia.  

“O Neojiba é, antes de tudo, um projeto de inclusão social, inclusão cultural. O que estrutura a vida do ser humano, a nossa existência aqui na terra é a cultura, a arte, a educação. É isso que preenche e dá brilho ao ser humano. E essa sede é um símbolo, com certeza muitos eventos culturais ocorrerão aqui e eu espero que a gente irradie por todo o estado da Bahia”, afirmou o governador Rui Costa.

A acústica é a primeira no Brasil assinada pela NagataAcoustics, responsável pelo projeto de algumas das melhores salas de concerto do mundo, a exemplo da Nova Philharmonie, de Paris, e do Disney Hall, em Los Angeles. Além de toda a estrutura, a nova sede terá internet de alta velocidade, via fibra ótica. A ação foi viabilizada a partir de parceria entre a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado (Secti), a Universidade do Estado da Bahia (Uneb) e a Rede Metropolitana de Salvador (Remessa), que está interligada à Rede Nacional de Pesquisa (RNP).

O novo espaço possibilitará que o Programa amplie o número de beneficiados pelas suas ações, que usa a música como agente transformador de vidas. "O Neojiba é fruto de um ideal de justiça social e nasceu da disposição e compromisso do Estado da Bahia de oportunizar e apontar novos caminhos para jovens em situação de vulnerabilidade social. Nós acreditamos na arte enquanto agente transformador de vidas", explicou o secretário da SJDHDS, Carlos Martins.

Para o diretor geral do NEOJIBA e maestro, Ricardo Castro, o local é o mais bem equipado espaço para formação musical no Brasil. "Esse espaço irá transformar muito as expectativas com o nível de excelência que a gente faz. O NEOJIBA já levou a orquestra juvenil para várias turnês internacionais, trabalhando com os melhores músicos do planeta e recebendo sempre críticas excelentes. Com essa nova sede, o nosso nível vai aumentar consideravelmente e esses resultados vão se multiplicar", afirma ele. 

O espaço também abrigará a equipe técnica de desenvolvimento social e pedagógica e o Núcleo Central de Formação, responsável pela gestão social e pedagógica musical das atividades, sendo residência artística das principais formações do Programa: Orquestra Juvenil da Bahia, Orquestra Castro Alves e os Grupos de Câmara. 

Um mês de celebração

Uma inauguração desse porte merecia uma grande celebração. Por isso, serão realizadas dezenas de apresentações e concertos, que terão início no dia 09, durante a inauguração, com a apresentação da Orquestra e Coro do NEOJIBA, com interpretações de três peças orquestrais, da abertura da ópera "O Retirante", de Elomar, do Hino da Bahia e Ode à Alegria. Além disso, o evento também contará com a participação dos cantores Mateus Aleluia, Elomar e João Omar. 

Também haverá programação especial durante todos os finas de semana do mês de julho, iniciando nos dias 13/07 e 14/07, com a Festa da Música, que contará com 16 apresentações de grupos do NEOJIBA e 2 concertos para crianças, das 10h às 18h. No dia 20/07, às 17h, Ricardo Castro; no dia 21/07, Fantasias Alemãs- Schubert e Schumann e Melodias do Norte - Grieg, Rachmaninoff e Prokofiev,  e Arianna Stefani, às 17h, e para finalizar, nos dias 27 e 28/07, às 10h às 18h, a casa estará de Portas Abertas, com todas a atividades do NEOJIBA reunidas, das 10h às 18h.

Programa Neojiba

Criado em 2007, a partir da iniciativa do Governo da Bahia, o Neojiba é  uma política pública social destinada a promover o desenvolvimento e a integração social prioritariamente de crianças, adolescentes e jovens em situações de vulnerabilidade, por meio do ensino e prática musical coletivo. 

No NEOJIBA, a excelência musical é tratada como meio para o desenvolvimento e transformação do cidadão, por isso, os núcleos realizam atendimento psicossocial às famílias e integrantes do projeto, desenvolvendo ainda uma articulação junto a rede de proteção social, o que permite um acompanhamento integral  dos beneficiários, feito por psicólogos e assistente social, possibilitando identificar violações de direitos ou distúrbio psicológico, por exemplo.  Além de fortalecer o vínculo dos integrantes do Neojiba com a sua comunidade e família, resultando numa transformação coletiva. 

Além disso, também há acompanhamento escolar, com estimulo para que garantir um melhor rendimento desse estudante, disponibilizando ainda, o reforço das disciplinas, quando necessário. Esse trabalho tem garantido a evolução escolar de muitos deles.

Nesses 12 anos, mais de 10 mil crianças, adolescentes e jovens já foram beneficiados pelo Programa que dispõe de 13 núcleos em Salvador e interior do estado, e atua em 29 municípios de 13 territórios de identidade da Bahia, através da Rede de Projetos,  que reúne diversas entidades que promovem o ensino e a prática musical como meio de desenvolvimento social de crianças, adolescentes e jovens.  Esse trabalho resultou em mais 1.300 apresentações musicais, em mais de 30 cidades estrangeiras para um público aproximado de 700 mil pessoas.

"Esses meninos e meninas participam atualmente de um grande e eficaz processo de desenvolvimento social, pessoal e artístico. O espetáculo musical é o resultado visível de um longo trabalho que une arte e cidadania, possibilitando a mudança de vida e a descoberta de um novo mundo. Hoje, temos jovens oriundos de bairros populares, que viajam pelo mundo e encantam quem cruza os seus caminhos, são empoderados, acreditam e descobriram o seu potencial, e alimentam as nossas almas, nos trazendo alegria e orgulho. Isso é Justiça Social", diz Carlos Martins.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.