• RH Bahia
  • RH Bahia
  • Casa Nova
  • Prêmio Boas Práticas
  • marca do passe livre
  • Dia das Crianças - Secretaria lança campanha Bote Fé no Futuro
  • Campanha Respeita As Mina
  • PAA  Leite - Cadastramento
  • Diário Oficial
  • Transparência Bahia
  • Compras Net

Desenvolvimento Social

15/05/2019 14:05

SJDHDS e Secult discutem ampliar integração entre cultura e desenvolvimento social na Bahia

Discutir ações conjuntas de desenvolvimento social e cultura com foco em crianças e jovens foi a pauta da reunião entre os secretários Carlos Martins (Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social) e Irany Santana (Cultura). Os gestores pontuaram e avaliaram ações que são desenvolvidas pelas pastas e que podem ser integradas, ampliando o alcance e beneficiando mais pessoas.

Um dos pontos discutidos na reunião foi o programa da SJDHDS de requalificação de fanfarras de escolas estaduais, promovido entre 2017 e 2018. Um total de 35 fanfarras escolares foram beneficiadas com a capacitação de mestres, orientação aos membros e, também, doação de um kit com 15 instrumentos novos. O projeto será retomado  com a ampliação para alcançar mais fanfarras no interior do estado. 

"Estamos trabalhando para dar continuidade ao programa, que vai muito além da entrega de instrumentos. Trata-se de um programa de desenvolvimento social porque é voltado para os estudantes da rede pública, para promover o contato e a imersão com a cultura e a arte como vetores da transformação de vida", afirmou Martins.

Ainda no encontro, os gestores pontuaram a questão das filarmônicas e fanfarras que não estão vinculadas às escolas estaduais. O objetivo é estudar uma maneira de promover o apoio e a requalificação via Secretaria de Cultura (Secult). A SJDHDS continuará responsável pelas ações que tenham como foco a inclusão e o desenvolvimento social através da arte e da cultura. 

A secretária Arany Santana se mostrou aberta também à proposta de maior integração de projetos e iniciativas da Secult com as Caravanas da Justiça Social. A ação da SJDHDS viaja a Bahia levando serviços gratuitos de cidadania para milhares de pessoas nos municípios com maiores índices de vulnerabilidade social. 

As duas secretarias vão atuar também na construção de projetos e ações de cultura, direitos humanos e desenvolvimento social que possam ser integrados no Pacto Pela Vida. Participaram do encontro a chefe de gabinete da Secult, Cristiane Taquari, a diretora geral da Fundação Cultural do Estado da Bahia (Funceb), Renata Dias, além de gestores e técnicos das duas secretárias e da Funceb. 

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.