• RH Bahia
  • RH Bahia
  • Casa Nova
  • marca do passe livre
  • Dia das Crianças - Secretaria lança campanha Bote Fé no Futuro
  • Campanha Respeita As Mina
  • PAA  Leite - Cadastramento
  • Diário Oficial
  • Transparência Bahia
  • Compras Net

Redução de Danos

05/02/2019 11:02

Corra pro Abraço está com nova sede em Salvador

Novo ano, novo endereço e muitas conquistas a serem alcançadas pelo Programa Corra pro Abraço, da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social do Estado da Bahia (SJDHDS), em 2019. A iniciativa que trabalha com redução de danos e promoção de direitos de pessoas em contextos de vulnerabilidade em decorrência do uso e/ou criminalização das drogas, agora está localizada na Ladeira da Independência, n. 247, no bairro Nazaré. O território possui grande número de pessoas com o perfil de público assistido pelo serviço: jovens, pessoas em situação de rua e encaminhados pelas audiências de custódia.

Para facilitar a identificação e sinalização da casa, o artista plástico Marcos Costa foi convidado para criar uma arte que dialogasse com o público do Corra pro Abraço. “Fiz a marca e um fundo para poder compor. Criei uma composição com cores vivas. Grafitei algumas árvores, representando as praças, o ar livre, os locais em que as pessoas em contexto de rua vivem, no intuito de trazer a urbanidade”, revela o grafiteiro que já trabalhou como arte-educador do programa. “A arte provoca interação e mexe com o comportamento das pessoas. O grafite surge de forma mobilizadora. Derruba os muros invisíveis das galerias e museus. Democratiza, valoriza e distrai de realidades às vezes muito duras”, afirma.

Trícia Calmon, coordenadora geral do Corra pro Abraço, considera positiva a mudança para o novo endereço. "Em geral, as pessoas querem tirar as pessoas em situação de rua da frente, para que elas saiam dali, não importando para onde estão indo, ou que tipo de serviço básico está sendo acessado ou não. E, por ser no centro da cidade, é difícil evitar esse tipo de acontecimento. Sendo assim, a gente muda para uma rua que tem bastante comércio, e é uma rua que convive com usuários de drogas, porque fica próximo ao Gravatá, que é uma região antes considerada a cracolândia de Salvador".

A socióloga destaca que o programa vai procurar construir, também com a comunidade, o entendimento de que há possibilidade de cuidar e fazer o acompanhamento dessas pessoas, nos locais onde elas estão. "A gente espera que essa aproximação permita que consigamos alcançar mais pessoas e que possamos construir histórias de caminhos. Outros caminhos são possíveis é nosso lema do Corra e nós estamos ansiosos para começar esse trabalho", pontua. O Corra fará uma apresentação do serviço para os comerciantes, com entrega de informativos, no dia 15 de fevereiro, e abre a casa para o público a partir de 20 de fevereiro.

Fonte: Ascom Corra Pro Abraço
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.