• RH Bahia
  • marca do passe livre
  • Dia das Crianças - Secretaria lança campanha Bote Fé no Futuro
  • Campanha Respeita As Mina
  • PAA  Leite - Cadastramento
  • Diário Oficial
  • Transparência Bahia
  • Compras Net

Segurança Alimentar

06/12/2018 09:12

Desafios do PAA Alimentos são tema de encontro com produtores e beneficiários em Feira de Santana

Beneficiários e produtores participantes do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) na modalidade de Execução Direta participaram, nesta quarta-feira (05), de um encontro com gestores e técnicos da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS). O secretário Cezar Lisboa participou da reunião, que segue até amanhã (06).

No encontro, que também contou com a presença da superintendente de Inclusão e Segurança Alimentar (Sisa/SJDHDS), Rose Pondé, os participantes e beneficiários foram apresentados à situação do Contrato de Repasse e realizaram uma avaliação sobre o PAA Alimentos.

Beneficiária do programa, Rita de Cássia, do município de São Francisco do Conde, foi convidada à compor a mesa de abertura do evento e falou sobre a importância do PAA. "Eu, como alguém que recebe o benefício desse programa, posso dizer que ele é importante demais. Nós recebemos alimento orgânico, fresco, que fazem muito bem à saúde", pontuou.

Nesta etapa do programa, que tem vigência até junho de 2022, mais de 350 produtores de 21 municípios e milhares de famílias são beneficiadas. O PAA atua na compra de produtos da agricultura familiar e sua doação à famílias que estão em situação de vulnerabilidade social.

A superintendente Rose Pondé falou sobre a importância e o sucesso do programa e reforçou a necessidade de garantir a sua continuidade, uma vez que os cortes no orçamento federal têm reduzido o alcance do programa. "Esse é um programa que nos enche de realização porque ele beneficia pessoas nas duas pontas, na aquisição e na doação. Nós temos que atuar na garantia da continuidade do programa e impedir os retrocessos", explicou.

O secretário Cezar Lisboa pontuou a importância do programa diante do quadro de volta da fome e da pobreza, que tem aumentado no país. "O Brasil voltou a registrar o aumento da fome e da pobreza, numa situação de ampliação da vulnerabilidade social que estava sendo superada”, afirmou.

O gestor também reafirmou a importância do programa nos diversos municípios e lembrou que os recursos do Governo Federal garantem a execução do programa até junho de 2019. "Nós precisamos atuar ainda mais articulados pela garantia dos recursos para a continuação do programa", disse.

Participaram do encontro os prefeitos de São Félix, Alex Sandro; Dom Macedo, Egnaldo Piton (Guito); Varzedo, Ariecilio Bahia; e Castro Alves, Thiancle da Silva; o presidente da Fetraf Bahia, Rosival Leite; e representantes da Bahiater e Conseas.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.