• Banner do Neojiba
  • RH Bahia
  • marca do passe livre
  • Dia das Crianças - Secretaria lança campanha Bote Fé no Futuro
  • .
  • .
  • Campanha Respeita As Mina
  • PAA  Leite - Cadastramento
  • Diário Oficial
  • Transparência Bahia
  • Compras Net

Redução de Danos

10/02/2018 18:02

Corra pro Abraço realiza plantão diurno no Núcleo de Prisão em Flagrante no Carnaval


Considerando a grande quantidade de pessoas nas ruas, o alto consumo de álcool e outras drogas lícitas e ilícitas, as desigualdades sociais e a própria dificuldade da sociedade para lidar com as problemáticas relacionadas as substâncias psicoativas, o Programa Corra Pro Abraço, da Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS) estará até a próxima terça-feira (13), com uma equipe em plantão diurno, no Núcleo de Prisão em Flagrante do Tribunal de Justiça da Bahia, no Caminho das Árvores, em Salvador (BA).

A iniciativa já atua no NPF diariamente, porém, compreende que, em decorrência das especificidades do contexto festivo, se faz necessário acompanhar os casos de pessoas em situação de vulnerabilidade que sejam custodiadas. "A presença do programa no NPF nestes dias surge como oportunidade para o cuidado com estas pessoas que também são vítimas dos problemas presentes na sociedade", destaca Lucineia Rocha, supervisor do Corra pro Abraço no Núcleo. Já é o segundo ano que o "Corra" atua no local durante o Carnaval com educadores jurídicos, assistentes sociais e psicólogos. No ano passado foram cerca de 90 atendimentos.

Dentre as funções da equipe do Corra pro Abraço no Núcleo durante o Carnaval estão: identificar pessoas em situação de rua e\ou vulnerabilidade social e que fazem uso abusivo de drogas; acolher e orientar custodiados e familiares durante o período; oferecer suporte às equipes de Instituições parceiras como: Defensoria Pública, Ministério Público, Tribunal de Justiça, Centro de Referência Nelson Mandela no que tange a abordagem psicossocial e encaminhar para resolução de demandas nos serviços de saúde, assistência social e justiça.

A iniciativa visa ainda acompanhar, quando necessário, os beneficiários do Programa aos serviços, de forma a promover e qualificar seu acesso, sua vinculação ao serviço e aos técnicos destes, dando visibilidade às suas necessidades específicas; identificar e mapear relatos de violência policial sofrida por custodiados e familiares assistidos e acolher e encaminhar os casos de racismo sofridos por custodiados e/ou familiares ao Centro de Referência de Combate ao Racismo e à Intolerância Religiosa Nelson Mandela.

Enfrentamento ao racismo

No ano em que o Governo do Estado da Bahia homenageia os 220 anos da Revolta dos Búzios, no Carnaval, a ação do Corra pro Abraço no Núcleo de Prisão em Flagrante ganha uma novidade. O programa passa a encaminhar os casos identificados como de racismo na festa carnavalesca para o Centro de Referência de Combate ao Racismo e à Intolerância Religiosa Nelson Mandela. "É uma parceria importante porque o 'Corra' trabalha com população em extrema situação de vulnerabilidade, como pessoas em situação de rua e a juventude negra de bairros periféricos. Pessoas negras que infelizmente vivem muitas situações de violação de direitos e de falta de acesso aos serviços e, também, de serviços mal prestados", destaca a Coordenadora Geral do Programa da SJDHDS, Trícia Calmon. Ela completa ainda que o Centro faz o enfrentamento para garantir direitos a partir da desconstrução do racismo, da denúncia do racismo institucionalizado. "Fortalece essa luta difícil que fazemos com toda a rede de atenção", finaliza.

A atuação do Programa Corra pro Abraço no NPF é fruto de uma parceria entre o TJ/BA e a SJDHDS e tem como objetivo atender pessoas em vulnerabilidade que fazem uso de substância que são presas em flagrante e conduzidas às audiências de custódia. A atuação do Corra pro Abraço no Carnaval contribui para o fortalecimento da rede parceira e das ações de combate as mais diversas formas violências durante o período festivo.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.