• Banner do Neojiba
  • marca do passe livre
  • Dia das Crianças - Secretaria lança campanha Bote Fé no Futuro
  • .
  • .
  • Campanha Respeita As Mina
  • PAA  Leite - Cadastramento
  • Diário Oficial
  • Transparência Bahia
  • Compras Net

Direitos Humanos

25/08/2017 17:08

Projeto Mais Grafite chega ao Bairro da Paz

Arte como fator de transformação social. Partindo desta premissa, o projeto Mais Grafite chegou à sua 4ª edição nesta sexta-feira (25), com a realização de palestras e oficinas no Colégio Estadual Mestre Paulo dos Anjos, no Bairro da Paz. O mestre de capoeira que dá nome à escola foi o homenageado do dia e tema central do painel construído pelos alunos, com a orientação dos artistas Questão, Júlio e Prisk. 

“Eu gostei mais ainda porque, como sou desenhista, foi muito legal botar a minha arte na parede da escola”, comemorou Tiago Nogueira, de 16 anos. “Eu amei, porque o grafite faz parte da nossa cultura. Depois de hoje, comecei até a pensar na possibilidade de trabalhar com isso de verdade”, afirmou Joisi Lima, de 17 anos.

Coordenado pela Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), dentro do Programa Pacto pela Paz, o Projeto ainda irá promover mais 10 oficinas até o final do ano. A próxima será no dia 15 de setembro, no Colégio Estadual Polivalente, em Amaralina.

“Esse projeto é um sucesso por onde tem passado, sempre com muita adesão e integração, o que mostra que os objetivos estão sendo cumpridos”, pontuou o secretário da SJDHDS, Carlos Martins. “É uma ação que aproxima o Governo da juventude, especialmente em bairros periféricos; uma oportunidade de descobrir a arte e a cultura, e também de geração de renda e empreendedorismo”, enfatizou Martins.

A programação ainda contou com apresentação da Banda Sinfônica da Paz (do NEOJIBA) e roda de capoeira. A Coordenação de Juventude da SJDHDS também efetivou o cadastro dos estudantes no Programa Identidade Jovem (ID Jovem), que garante gratuidade no transporte intermunicipal e meia-entrada em eventos esportivos e culturais. 

Mais Grafite

Além de estimular a expressão artística e sensibilizar os jovens em relação ao cuidado com o ambiente escolar, o Mais Grafite funciona como alternativa para geração de trabalho e renda, fortalece os laços comunitários e reforça a identidade cultural dos espaços e da própria comunidade. “É um projeto maravilhoso, que levanta a autoestima, porque muitos veem o grafite na TV e nas ruas da cidade, mas não têm a oportunidade de fazer. E, aqui, a gente também incentiva eles a terem sempre força de vontade”, destacou Prisk, que trabalha com grafite há mais de 18 anos. 

O ponto de partida do Projeto foi a criação de um mural, assinado pelo artista plástico Rildo Foge na altura da estação Pirajá do metrô, retratando a evolução do transporte público em Salvador. O painel foi entregue em julho, quando também foi realizada a primeira oficina. 
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.