• Banner do Neojiba
  • 11ConferenciaAssistenciaSocial
  • 11ConferenciaAssistenciaSocialInscricao
  • 11ConferenciaAssistenciaSocialDeliberacoes
  • marca do passe livre
  • Dia das Crianças - Secretaria lança campanha Bote Fé no Futuro
  • .
  • .
  • Campanha Respeita As Mina
  • PAA  Leite - Cadastramento
  • Diário Oficial
  • Transparência Bahia
  • Compras Net

Direitos Humanos

17/05/2017 23:05

Secretário participa da abertura da 11ª Mostra de Cinema e Direitos Humanos

O secretário de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), Carlos Martins, participou, nesta quarta-feira, da abertura da 11ª edição da Mostra de Cinema e Direitos Humanos, em Salvador. A mostra, que vai até o dia 22 de maio, é realizada na Sala Walter da Silveira, nos Barris, e terá a exibição de 37 filmes de temáticas sociais. O evento é apoiado pela Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS). 

"A SJDHDS está mais uma vez presente nessa mostra, que é um evento que reforça a conscientização para essa luta, que é uma batalha da nossa sociedade em defesa das crianças, do público LGBT, de todos. E por isso é fundamental que nossa cidade esteja envolvida em uma mostra desse tipo, que chama atenção para uma luta que é de todos nós", destacou Martins.

Na sessão de abertura foram exibidos dois curtas: "Depois Que Te Vi", de Vinícius Saramago, sobre direito das pessoas com deficiência; e "De Que Lado Me Olhas", de Ana Carolina de Azevedo e Helena Sassi, que foca na diversidade sexual e cidadania LGBT. Os outros filmes serão exibidos até o dia 22, no mesmo local, sempre a partir das 14h. 

O secretário adjunto de Direitos Humanos, Sílvio Albuquerque, o Diretor Geral do Irdeb, Flávio Silva Gonçalves, o superintendente de Direitos Humanos da SJDHDS, Emiliano José, o asessor especial da SJDHDS, Yulo Oiticica, a coordenadora de Proteção à Criança e ao Adolescente da SJDHDS, Iara Farias, o coordenador de Políticas para a Juventude, Jabes Soares, da SJDHDS, também estiveram presentes na abertura.

 Nesta edição, 29 filmes – entre curtas, médias e longa-metragens – compõem o circuito principal, que será dividido em três mostras: Panorama, com 17 produções sobre pessoas com deficiência, negros, idosos e população LGBT; Temática, que abordará questões de gênero em sete títulos; e Homenagem, com foco na obra da cineasta Laís Bodansky, cujos cinco trabalhos selecionados têm relevância em discussões sobre igualdade e direitos de oportunidade. A novidade deste ano é a Mostrinha, que exibirá oito curta-metragens para o público infanto-juvenil.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.