• Banner do Neojiba
  • 11ConferenciaAssistenciaSocial
  • marca do passe livre
  • Dia das Crianças - Secretaria lança campanha Bote Fé no Futuro
  • .
  • .
  • Campanha Respeita As Mina
  • PAA  Leite - Cadastramento
  • Diário Oficial
  • Transparência Bahia
  • Compras Net

Direitos Humanos

20/04/2017 15:04

Secretário de Justiça visita a Case Salvador

Na manhã desta quinta-feira (20), o secretário de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), Carlos Martins, fez uma visita à Comunidade de Atendimento Socioeducativo (Case) Salvador, localizada no bairro de Tancredo Neves. Acompanhado da diretora geral da Fundação da Criança e do Adolescente (Fundac), Regina Affonso, e do gerente da Case Salvador, João Ferreira, Martins conheceu as instalações e parte do trabalho de recuperação feito com os adolescentes que cometem atos infracionais. "Esta é uma visita inicial para conhecermos as condições do local, discutir o que pode ser melhorado e planejar efetivamente as ações. O intuito é devolver, da melhor forma possível, esses jovens para a comunidade", pontuou o secretário.

Martins conheceu as instalações e parte do trabalho de recuperação

Durante o período de internação, os adolescentes realizam diversas atividades, como oficinas de reciclagem, artesanato e música e têm acesso integral à educação. "O foco é alfabetizar e mostrar o outro lado da escola para os meninos, para que, quando saírem daqui, eles possam transformar suas vidas", frisou o diretor da escola municipal do complexo, João Copque. Um dos exemplos de superação é o caso do interno B.R., 17, que conquistou o cargo de estagiário na Coordenação de Internação Provisória da Case. "É uma oportunidade grande. A gente sabe que errou lá fora, mas agora temos chances de ter um futuro melhor quando sairmos daqui", diz. "Reintegrá-los com sucesso à sociedade é o que faz o nosso trabalho ser significativo", completa Ferreira.

A Case Salvador tem capacidade para abrigar 125 jovens - com limite máximo de 150 -, com idades entre 12 e 20 anos, em 14 alojamentos existentes. Os internos são separados de acordo com a faixa etária e o tipo de medida aplicada - internação provisória ou internação sentenciada - e são acompanhados por 75 socioeducadores. A estrutura é composta por quadras, campo de futebol, pátio, enfermaria, refeitórios, alojamentos, sala de informática, complexos escolares, terapêuticos e pedagógicos. A Case também realiza programas educativos, inclusivos e sociais, como o Projeto Escola na Vida e o Cidadania Digital e tem parcerias com as instituições Senai, Olodum, Neojiba e a Universidade Federal da Bahia, que oferecem cursos profissionalizantes para os adolescentes.

Futuras instalações

Ao longo da visita, o secretário Carlos Martins conheceu as novas instalações da internação provisória, que estarão prontas para uso nos próximos 15 dias. O local tem capacidade para 45 internos, e cada alojamento possui de quatro a oito camas e banheiro. A previsão é que o antigo espaço de internação provisória seja desativado. 

História

Fundada em 1978 como Centro de Recepção e Triagem da Bahia (CTR), a Case Salvador fazia parte da antiga Fundação de Assistência ao Menor do Estado da Bahia (Fameb) - hoje transformada na Fundação da Criança e do Adolescente (Fundac). O órgão é vinculado à Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social e é responsável pela gestão pública do atendimento e cumprimento de medidas socioeducativas para adolescentes em processo de internação por ato infracional na Bahia.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.