• Banner do Neojiba
  • Prêmio de boias práticas 2017
  • Programa de Estágio
  • Novas sedes e visturas reforçam segurança no Sudoeste
  • marca do passe livre
  • Dia das Crianças - Secretaria lança campanha Bote Fé no Futuro
  • .
  • .
  • Diário Oficial
  • Transparência Bahia
  • Compras Net

Geral

16/03/2017 14:03

Secretário e Conselho Estadual da Criança e Adolescente discutem fortalecimento dos conselhos municipais

O secretário de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (SJDHDS), Carlos Martins recebeu, nesta quinta-feira (16), a direção do Conselho Estadual da Criança e Adolescente (Ceca). Este foi o primeiro encontro de Martins com o conselho, que é vinculado à secretaria, após assumir a gestão da pasta. Conselheiros e secretário debateram sobre vários pontos de pauta, entre eles, a necessidade do fortalecimento dos conselhos municipais da Criança e Adolescente.

“É preciso um fortalecimento na ponta, onde começa esse atendimento, que são os conselhos municipais. E é papel desse conselho estadual levar às demais cidades e a seus gestores, a necessidade de funcionamento dos conselhos municipais”, destacou o secretário.

Martins indicou a participação de representantes do Ceca na agenda de reuniões do Colegiado Estadual de Gestores Municipais de Assistência Social do Estado da Bahia (Coegemas), em que o conselho apresentará aos gestores a necessidade da consolidação dos conselhos municipais das suas cidades.

Encontros vão avaliar ações do conselho em territórios de identidade

Ao longo de 2017, o Ceca fará nove encontros no estado para avaliar e discutir o trabalho do conselho em todo território. Os territórios de identidade do estado foram agrupados em nove, portanto todos os 417 municípios baianos estarão envolvidos. Ainda durante a reunião também foi discutido o lançamento de edital de 2017 para execução de ações voltadas para crianças e adolescentes através de organizações sociais. 

O Ceca também tem o papel de gerir e fiscalizar o Fundo Estadual de Atendimento à Criança e ao Adolescente (Fecriança), instrumento de captação de recursos para a aplicação em serviços voltados ao público infanto-juvenil. O fundo é administrado pela Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social e pelo Ceca, que também decide onde serão aplicados. Na reunião também foi discutida a mobilização do conselho para captação de recursos, principalmente através de uma campanha de comunicação. Por fim, a reforma do imóvel que abriga o conselho, a Casa dos Conselhos, também foi debatida.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.