• RH Bahia
  • RH Bahia
  • Casa Nova
  • Prêmio Boas Práticas
  • marca do passe livre
  • Dia das Crianças - Secretaria lança campanha Bote Fé no Futuro
  • Campanha Respeita As Mina
  • PAA  Leite - Cadastramento
  • Diário Oficial
  • Transparência Bahia
  • Compras Net

Desenvolvimento Social

15/02/2016 15:02

Programa Vida Melhor Urbano qualifica agentes de desenvolvimento

Equipe da Secretaria de Justiça Social, em parceria com a Fundação Luís Eduardo Magalhães, qualifica agentes de desenvolvimento para atuar no suporte aos empreendedores populares urbanos

Nesta segunda-feira (15), a Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Desenvolvimento Social (Justiça Social) iniciou mais uma etapa do Programa Vida Melhor Urbano (PVMU), com a qualificação técnica de 150 agentes de desenvolvimento social que vão atuar nas Unidades de Inclusão Socioprodutiva (UNIS) a partir de março.  O curso é executado em parceria com a Fundação Luís Eduardo Magalhães e acontece até o dia 17, no hotel Sol Bahia, em Salvador, com a apresentação de informações sobre o programa, noções de empreendedorismo, metodologias de diálogo e assistência técnica. O objetivo é capacitar os agentes para dar suporte aos empreendedores populares nas UNIS instaladas na Região Metropolitana 1, Portal do Sertão, Salvador norte, Nordeste de Amaralina/Calabar e Subúrbio Ferroviário. 

Presente na solenidade de abertura, o secretário Geraldo Reis falou da relevância do Vida Melhor Urbano e da sua função social junto aos beneficiários, bem como da relevância dos agentes para a continuidade do programa. “Esse momento é marcante porque visualizo a concretude do Vida Melhor, com a qualificação realizada pela equipe da secretaria e da FLEM. Além do conhecimento técnico, o importante é a relação que os agentes terão nas comunidades em que irão atuar.  Portanto, o resultado final do programa dependerá do compromisso de cada um. Aqui é um espaço de sociabilidade para se internalizar a essência desse programa de proteção social”, afirmou.

“Desenvolver o máximo do meu lado social e ser um multiplicador. São essas as motivações que me fazem integrar a equipe de agentes do Programa Vida Melhor Urbano”, explicou Marcos Vinícius, 26 anos. “Com os conhecimentos adquiridos na sua formação acadêmica e no curso de qualificação recebido no encontro, Marcos terá a função de dialogar com os empreendedores populares para que esses tenham acesso a conhecimentos que viabilizem seus empreendimentos”, explicou a líder executiva da FLEM, Jandaíra Bonfim.

Programa - O Programa Vida Melhor Urbano foi concebido em 2011 com o objetivo de contribuir para a erradicação da pobreza e é voltado preferencialmente para o público inscrito no Cadastro Único do Governo Federal, com idade de 18 a 60 anos. Em outubro de 2015, foi formalizado contrato com a Fundação Luís Eduardo Magalhães, instituição que participou do acompanhamento e monitoramento na implantação e na execução do Programa entre 2012 a 2014 e será a entidade responsável pela gestão das cinco unidades do programa.

“O PVMU é um programa de proteção social focado no apoio à ampliação da produção e da renda familiar, atuando no fomento a empreendimentos individuais e familiares da economia informal dos meios populares. O objetivo é reduzir a vulnerabilidade econômica e social dos beneficiários por meio do trabalho decente de pessoas em situação de pobreza e com potencial laborativo, com vistas à sua emancipação socioeconômica”, explicou a coordenadora do PVMU, Eva Borges. 
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.